Nosso parceiro:
41 3332.3232

Tijolos Refrátarios

Tijolos Refrátarios

A Casa do Refratário fornece uma extensa linha de tijolos refratários e isolantes, para uso em diferentes temperaturas e que atende plenamente à conservação de energia. Os tijolos são moldados por extrusão cortados e queimados em forno túnel passando então por novo corte e retífica que conferem dimensões de acordo com as normas existentes.
Arco – Para construção da boca (abóboda) de lareiras e fornos diversos em forma de arco;

Vantagens
Maior refratariedade em relação aos tijolos comuns, permitindo um limite amplo de trabalho em relação a temperatura;
Menor porosidade, o que lhe dá maior vida útil que os tijolos convencionais. É mais resistente ao ataque de escorias;
Teor de oxido de ferro menor, reduzindo a probabilidade de formação de fase vítrea, diminuindo as contaminações durante o uso;
Fator estético: visualmente as plaquetas e tijolos refratários para churrasqueiras e lareiras apresentam cor bege sendo esteticamente melhor que os tijolos convencionais;

São materiais cerâmicos capazes de suportar elevadas temperaturas e também esforços mecânicos, ataques químicos, variações bruscas de temperaturas e outras situações. Cada situação utiliza um produto compatível com os riquisitos de cada processo, variando em medidas e uso para diferentes temperaturas.

Apresentam grande versatibilidade e atendem a todas às necessidades de aplicação em zonas de média e alta solicitação de fornos de aquecimento, caldeiras, fornos de cerâmica, em fundições e fornos de elevada temperatura, como também em aplicações mais triviais como churrasqueiras.
Características
Características Técnicas Características Físicas Principais Aplicações

Análise Química:
A1203 – 36,0 a 38,0%
Si02 – 56,0%
Fe0203 – 1,8%
Densidade Aparente: 1,80 a 1,90 g/cm3
Porosidade Aparente: 25-30%
Refratariedade Simples: C,30: 1500 ºC
Incinerantes;
Fornos de Tratamento Térmico;
Zonas de pré-aquecimento e resfriamento de fornos cerâmicos;* Churrasqueiras e Lareiras (Revestimentos).

Os formatos padronizados dos tijolos refratários foram especialmente dimensionados visando facilitar a montagem dos mais sofisticados equipamentos.

Os tijolos refratários são capazes de suportar altas temperaturas e também esforços mecânicos, ataques químicos, variações bruscas de temperaturas e outras solicitações.

Cada situação utiliza-se um produto compatível com os requisitos de cada processo e são comercializados em diferentes medidas e para diferentes temperaturas de uso.

Apresentam grande versatilidade e atendem a todas as exigências, às necessidades de aplicação em zonas de média e alta solicitação de fornos de aquecimento, caldeiras, fornos de cerâmica e também:

Fornos Industriais Metalúrgicos:
Cubilot, Alumínio, Cadinhos, Panelas de Transferência, Canais Condutores de Calor, Coqueirias e etc.
Fornos da Construção Civil:
Pizzarias, Padarias, Churrasqueiras, Lareiras e etc.
Fornos Especiais:
Indústria do Vidro, Regeneradores, Fornos de Calcinação de Minérios, Trocadores de Calor, Incineradores Hospitalares e de Aeroporto, sUsina de Asfalto, Bicos Queimadores e etc.
Importante:
É absolutamente necessário conservar os materiais refratários em depósitos cobertos e secos.A colocação de refratários deve ser feita por operários especializados.Empregar argamassas refratárias próprias correspondentes à qualidade de cada tipo de refratário.Fazer as juntas mais finas possíveis afim de evitar vácuos entre os tijolos, que determinariam pontos de fácil e rápida corrosão.Não molhar os tijolos antes de colocá-los. Antes de pôr em funcionamento o forno, é necessário secar lentamente e aquecer gradativamente as alvenarias.

Mostrando 1-8 de 20 resultados